Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Europa (Notícias) > UE prepara-se para pedido de ajuda de Portugal ao fundo de apoio

UE prepara-se para pedido de ajuda de Portugal ao fundo de apoio

As grandes linhas já começaram a ser preparadas

sábado 11 de Dezembro de 2010, por Jornal de Notícias

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

Os países da zona euro estão cada vez mais convencidos da inevitabilidade de um pedido de ajuda de Portugal ao fundo de estabilização financeira, no quadro dos esforços em curso para definir "respostas sistémicas para a crise sistémica do euro".


Esta eventualidade voltou a ser longamente debatida pelos ministros das Finanças da zona euro na sua reunião mensal de segunda-feira à noite. Apesar disso, os Dezasseis do euro, que se debruçaram sobre a questão pela terceira vez num mês, voltaram a não estar completamente de acordo sobre a oportunidade de Portugal seguir os passos da Irlanda, que já pediu uma ajuda de 85 mil milhões do fundo do euro, e da Grécia, que dispõe de um programa específico de 110 mil milhões.

"O sentimento à volta da mesa foi que mais tarde ou mais cedo Portugal vai pedir ajuda", resumiu um dos ministros presentes, mediante anonimato. Outro participante reconheceu de forma velada a existência de pressões sobre Portugal para se colocar preventivamente sob a protecção do fundo do euro, ao reconhecer que "alguns talvez gostassem que um pedido de ajuda venha mais cedo". Mas, frisou Luc Frieden, ministro da Economia do Luxemburgo, "enquanto não for feito um pedido de ajuda, não podemos forçar".

Apesar disso, e de acordo com um diplomata europeu, as grandes linhas do que poderá vir a ser o pacote da ajuda a Portugal já começaram a ser preparadas, de modo a permitir a sua activação rápida caso se torne necessário para travar uma eventual nova escalada de especulação dos mercados financeiros contra os países mais endividados. O ministro português Teixeira dos Santos recusou fazer qualquer declaração à imprensa durante os dois dias em que esteve em Bruxelas.

Por Isabel Arriaga e Cunha, Bruxelas

Jornal de Notícias

Jornal de Notícias



PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com