Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Portugal (Notícias) > Troika regressa em setembro ou outubro a tempo do OE/2015

Troika regressa em setembro ou outubro a tempo do OE/2015

quinta-feira 8 de Maio de 2014, por Dinheiro Vivo

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

Primeira missão de vigilância apontará caminhos na despesa pública, fará recomendações macro orçamentais e até alguns pedidos concretos.


O novo ciclo de inspeções regulares da troika ao ajustamento de Portugal deve começar em finais de setembro, início de outubro, a tempo da preparação ou discussão da proposta de Orçamento do Estado do próximo ano (OE/2015).

As missões dos representantes dos credores (Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional) farão visitas semestrais ao país durante vários anos. À luz da informação disponível, a vigilância prolongar-se-á até 2036, 2031 e 2021, consoante os casos.

O porta-voz de Olli Rehn, comissário europeu dos Assuntos Económicos, disse ao Dinheiro Vivo que “o momento preciso ainda não foi discutido, mas é expectável que aconteça no outono”.

Simon O’Connor recordou que “a primeira missão de vigilância pós-programa [post-programme surveillance ou PPS] da Irlanda aconteceu na semana passada, cerca de cinco meses depois do final do programa”.

Quatro meses e meio, mais precisamente. A Irlanda saiu no passado dia 15 de dezembro, tendo recebido a primeira visita de vigilância entre 29 de abril e 2 de maio.

O FMI não respondeu às questões até ao fecho desta edição.
A realidade vista pelos olhos do vice-primeiro-ministro é mais cor-de-rosa. Para Paulo Portas, a conclusão da 12ª e última avaliação “significa que o programa está no bom caminho para o seu termo” e que “Portugal pode recuperar a parcela de soberania que lhe falta desde maio de 2011, quando o resgate começou”.

Para Portugal, que sai oficialmente do resgate a 17 de maio, significa que a primeira missão do novo ciclo de vigilância/monitorização da troika irá cair em plena época orçamental: na preparação do OE (se acontecer antes de 15 de outubro) ou na altura do debate (se acontecer depois). Seja como for, da visita resultará sempre uma série de recomendações, alertas e pedidos concretos de medidas.

Dinheiro Vivo


PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com