Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Portugal (Notícias) > Portugal defendeu alargamento da OCDE ao Brasil e Argentina

Portugal defendeu alargamento da OCDE ao Brasil e Argentina

sexta-feira 16 de Junho de 2017, por Destak

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse hoje, em Paris, que Portugal é a favor do processo de alargamento da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) ao Brasil e Argentina.


"Neste momento, há pedidos de adesão à OCDE. Há três países que já estão num processo bastante adiantado. Um deles é a Costa Rica e há mais dois. Depois, há países que manifestaram a intenção de se candidatar e, entre eles, há dois países do G20, quer o Brasil, quer a Argentina, e nós somos favoráveis a esse processo de alargamento da OCDE também a algumas economias da América Latina", adiantou o ministro a propósito da sua intervenção na reunião ministerial da OCDE.

O chefe da diplomacia portuguesa disse, ainda, defender a "Iniciativa África", ou seja, "que a OCDE também tem vantagem em ter uma relação de cooperação com países africanos".

Destak


PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com