Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Lusofonia (pt) > Património: Iniciativa visa mobilizar cidadãos para a História de (...)

Património: Iniciativa visa mobilizar cidadãos para a História de Portugal

Descobrimentos em 22 maravilhas

segunda-feira 10 de Novembro de 2008, por Correio da Manhã

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

Muita gente, mesmo culta, ignora a maior parte das 22 históricas construções portuguesas, espalhadas pelo Mundo, que integram a lista de monumentos classificados como Património da Humanidade pela UNESCO.


Esta situação irá sofrer uma alteração sensível dentro em breve, através da votação pública das ‘7 Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo’.

A iniciativa da empresa New 7 Wonders Portugal, que conta com o apoio de várias entidades governamentais e do Estado, promove a divulgação da História e das imagens de 22 monumentos que foram construídos na América do Sul, em África e na Ásia ao longo dos séculos.

A ideia ’impulsiona a cultura e e o turismo ao nível local e mundial’, afirmou Luís Segadães, presidente executivo da New 7 Wonders Portugal.

O projecto irá envolver as escolas, através de um concurso específico, que visa interessar os estudantes pela temática histórica. ’Será uma espécie de ‘Quem Quer Ser Milionário’,em que cada uma das equipas das escolas defende um monumento, sobre o qual tem de saber mais do que qualquer um dos outros’, disse ao CM Eva Mota, elemento da organização.

Na próxima terça-feira, Joaquim Magalhães de Castro, jornalista e investigador da expansão marítima portuguesa, parte para uma viagem de dois meses, que o levará aos 22 monumentos. ’Irá recolher informação, histórias interessantes, fotografias e vídeos, que se querem intimistas e originais, sobre cada um dos monumentos, para publicação em livro’, diz Eva Mota. A obra será publicada em Junho. Portugal parte para esta iniciativa em situação privilegiada. Segundo a organização, é ’o país que deixou mais património com maior diversidade geográfica’ no âmbito da classificação de Património da Humanidade da UNESCO.

DETALHES

INÍCIO DA VOTAÇÃO

A votação das ‘7 Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo’ inicia-se a 7 de Dezembro, prolongando-se pelos meses seguintes. O anúncio dos sete monumentos vencedores será feito a 10 de Junho de 2009, Dia de Portugal.

MEIOS ELECTRÓNICOS

O processo de votação prevê a utilização de dois meios: SMS e internet. Este método foi aplicado com êxito aquando da eleição das ‘7 Maravilhas de Portugal’, realizada no ano passado.

MEMÓRIAS DOS TEMPOS DO IMPÉRIO

Os 22 monumentos de origem portuguesa que são Património Mundial da UNESCO estão espalhados por África, Ásia e América do Sul. Mas é no Brasil que há uma maior concentração devido à prolongada presença portuguesa.

- Centro Histórico de S. Luís – Brasil
- Centro Histórico de Salvador – Brasil
- Centro Histórico de Olinda – Brasil
- Centro Histórico de Goiás – Brasil
- Centro Histórico de Ouro Preto – Brasil
- Centro Histórico de Diamantina – Brasil
- Santuário do Bom Jesus de Matosinhos em Congonhas – Brasil
- Missões Jesuítas dos Guarani - Brasil e Argentina
- Missões Jesuítas de Trinidad do Paraná e Jesus de Tavaranque – Paraguai
- Bairro Histórico da Colónia de Sacramento – Uruguai
- Cid. portuguesa de Mazagão (El Jadida) – Marrocos
- Ilha de Goreia – Senegal
- Ilha de James – Gambia
- Fortes e Castelos em Volta, Greater Accra – Gana
- Cidadela de Fasil Ghebi – Etiópia
- Ruínas de Kilwa e de Songo Mnara – Tanzânia
- Ilha de Moçambique – Moçambique
- Sítio Arqueológico de Qal at al-Bahrain – Bahrain
- Igrejas e Conventos de Goa – Índia
- Cidade Velha de Galle e suas Fortificações - Sri Lanka
- Centro Histórico de Malaca – Malásia
- Centro Histórico de Macau – China
- José Luís Feronha

Correio da Manhã


PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com