Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Portugal (Notícias) > Portugal é dos 7 países da UE onde salários são mais baixos que em 2009 - (...)

Portugal é dos 7 países da UE onde salários são mais baixos que em 2009 - Confederação Europeia de Sindicatos

segunda-feira 13 de Março de 2017, por Destak

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

Portugal é um dos sete países da União Europeia onde os trabalhadores ganham hoje menos do que há oito anos, aponta um estudo hoje publicado em Bruxelas pela Confederação Europeia de Sindicatos (CES), em colaboração com o Instituto Sindical Europeu.


De acordo com o estudo, entre 2009 e 2016, os salários reais (corrigidos pela inflação) caíram anualmente em média 3,1% na Grécia, 1% na Croácia, 0,9% na Hungria, 0,7% em Portugal, 0,6% em Chipre, 0,4% no Reino Unido e 0,3% em Itália.

O estudo aponta ainda que em 18 países o crescimento do salário real entre 2009 e 2016 foi mais fraco do que no período entre 2001 e 2008, e apenas três países, Alemanha, Polónia e Bulgária, viram os aumentos dos salários reais nos últimos oito anos ultrapassar aqueles dos oito anos anteriores.

Destak


PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com