Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Portugal (Notícias) > Trilhos da região Centro vão ser desenvolvidos

Trilhos da região Centro vão ser desenvolvidos

investimento

sexta-feira 4 de Maio de 2018, por Destak

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

Portuguese Trails pretende captar novos segmentos de procura com potencial de crescimento sustentável, valorizando o território e estruturando o produto.


Quatro projetos dedicados ao desenvolvimento de percursos pedestres e cicláveis na Região Centro vão receber 4,2 milhões de euros da Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior, do Programa Valorizar. A iniciativa será integrada no Portuguese Trails.

Será feita a requalificação da antiga Linha Ferroviária do Vale do Vouga, transformando-a numa ecopista com uma extensão global de 58,6 quilómetros, que atravessa Oliveira de Frades, Vouzela, S. Pedro do Sul e Viseu. Será ainda criada a Ciclovia do Mondego, com uma extensão de 39,9 quilómetros, que pretende efetuar a ligação da Ecopista do Dão à Ciclovia EuroVelo1, no concelho da Figueira da Foz, permitindo a criação, no futuro, de um traçado em circuito fechado que ligue Figueira da Foz, Viseu e Aveiro.

Oterceiro projeto é a criação da Ecovia EuroVelo1 - Rota da Costa Atlântica, com uma extensão de 79 quilómetros, e que irá integrar o Programa EuroVelo - European Cycle Route Network, uma rede de 15 rotas europeias de longa distância. Esta iniciativa diz respeito a duas secções da EuroVelo1, que em Portugal tem uma extensão ciclável de 920 quilómetros em zona litoral.

O inGAMBA, que pretende reforçar a oferta de Cycling Holidays – Trips em Portugal no segmento de luxo, vai receber um apoio para centrar no país a sua operação. O projeto integra 4 trilhos: Vila Pouca de Aguiar-Terreiro (Vila Pouca de Aguiar, Norte); Tortosendo-Armamar (Covilhã, Centro); Sertã-Cercal (Santiago do Cacém, Alentejo); e Cercal-Monchique-Aljustrel (Monchique, Algarve).

Destak


PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com