Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Portugal (Notícias) > Na cidade mais cara para trabalhadores estrangeiros fala-se português

Na cidade mais cara para trabalhadores estrangeiros fala-se português

quarta-feira 2 de Setembro de 2015, por Dinheiro Vivo

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

Nem Singapura, nem Nova Iorque, muito menos Hong Kong. É em África que está a cidade mais cara para pessoas estrangeiras viverem.


A Mercer divulgou há poucos dias que Singapura é o melhor local do mundo para os emigrantes ou expatriados viverem. Agora, a consultora revelou um novo estudo, desta vez sobre o local mais caro para o mesmo grupo de pessoas. Qual é?
Luanda, uma cidade que fala português, mas onde um apartamento T1 pode custar 3500 dólares por mês e um par de jeans 240 dólares.

A capital de Angola superou os custos de Paris, Nova Iorque ou Londres, tradicionalmente no top três das capitais mais caras do mundo. E já é o terceiro ano em que Luanda arrebata o primeiro posto quando o tema é o custo de vida para trabalhadores estrangeiros.

A razão para tamanhos custos está na indústria do petróleo que representa anualmente mais de metade do Produto Interno Bruto do País, refere a Mercer, que espera um aumento da internacionalização de trabalhadores, numa altura em que 75% das multinacionais já fazem trocas entre nacionalidades.

Outras cidades figuram neste estudo. Conheça as dez mais caras:
1 - Luanda, Angola;
2 - Hong Kong, China;
3 - Zurique, Suíça;
4 - Singapura, Singapura;
5 - Genebra, Suíça;
6 - Shangai, China;
7 - Pequim, China;
8 - Seul, Coreia do Sul;
9 - Berna, Suíça;
10 - Jamena, Chade.

Dinheiro Vivo


PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com