Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Portugal (Notícias) > Museu do Azulejo encanta estrangeiros

Museu do Azulejo encanta estrangeiros

sexta-feira 18 de Maio de 2018, por Destak

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

Mais de 80% dos visitantes do espaço lisboeta são estrangeiros, diz um estudo de públicos dos museus realizado em 2015 pela Direção-Geral do Património Cultural.


Trata-se do primeiro estudo realizado a 14 museus nacionais – da responsabilidade da Direção-Geral do Património Cultural, em conjunto com investigadores universitários –, cujos resultados globais foram divulgados em 2016, e que serão individualmente anunciados a partir da próxima quinta-feira, no Museu Nacional do Azulejo (MNAZ), em Lisboa.

À Lusa, José Neves, coordenador científico do estudo, indicou que, no perfil do Museu Nacional do Azulejo, os estrangeiros têm um grande peso, com os franceses, brasileiros e alemães a liderar as visitas, por esta ordem. «Este estudo acrescenta nova informação sobre o que já se sabia sobre o perfil dos visitantes do Museu do Azulejo, sendo 82% estrangeiros, na maioria mulheres, e com um nível de instrução e qualificação profissional elevados», disse o investigador do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL).

O estudo revela ainda que há 55 nacionalidades a visitar habitualmente o museu alfacinha, 61% dos quais são mulheres, com qualificação escolar elevada e desempenho profissional muito qualificado, e uma média de 45 anos, um pouco acima da média para todos os museus, que é de 42 anos.

O Museu Nacional do Azulejo tem por missão recolher, conservar, estudar e divulgar exemplares representativos da evolução da cerâmica e do azulejo em Portugal, promovendo a inventariação, documentação, investigação, classificação, divulgação e conservação e restaurado da cerâmica, em particular do azulejo – e integra também a salvaguarda patrimonial da igreja e dos demais espaços do antigo Mosteiro da Madre de Deus, onde está instalado.

Já questionado sobre as razões de tão grande atração de visitantes estrangeiros por aquele espaço museológico, José Neves indicou que estas «residem no facto de o museu estar focado num objeto com características muito associadas à identidade portuguesa».

Destak


PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com