Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Comunidade Lusófona de França (Noticias) > Mensagem do embaixador de Portugal em França, Francisco Seixas da (...)

Mensagem do embaixador de Portugal em França, Francisco Seixas da Costa

domingo 19 de Dezembro de 2010, por Ambassade du Portugal en France

Neste período de Natal, desejo transmitir aos cidadãos portugueses ou de origem portuguesa residentes em França um forte abraço de simpatia, com os meus votos de saúde e sucesso individual e familiar.


Este é um tempo do ano em que, por natureza, o apelo da família e da convivência mais próxima se fez sentir de modo pronunciado. Muitos procurarão encontrar, nesse ambiente acolhedor, uma energia nova para o ano que virá.

Permito-me, por isso, chamar a atenção para a necessidade de, pelo menos nesta época, devermos ter um gesto de solidariedade para com aqueles nossos compatriotas a quem a vida foi madrasta, os quais, por muitas e variadas razões, não conseguiram encontrar um êxito à altura das expectativas com que vieram para França. Muitos encontram-se hoje em situações delicadas, com uma fragilidade económica a que, algumas vezes, se soma a precariedade de saúde e o peso da idade. Creio que seria muito interessante pudéssemos contribuir com um pouco daquilo de que, felizmente, podemos dispor para dar algum alento a essas pessoas, tornando-lhes o Natal menos triste. Integrado na campanha que a Santa Casa da Misericórdia de Paris tem em curso, ou de outras iniciativas idênticas do movimento associativo português em França, um gesto dessa natureza será sempre bem vindo e apreciado.

Os tempos que vamos vivendo, embora de modo diferenciado entre os países, têm as tonalidades da crise de que todos falam. Uma crise que afeta de forma desigual as pessoas mas que, nem por isso, deixa de provocar um ambiente de inquietude sobre o futuro coletivo. Não há receitas seguras para afrontar estes dias, mas a serenidade e o bom-senso, a fuga ao alarmismo e ao pessimismo endémico serão, porventura, as melhores atitudes a adotar. No que toca a Portugal, um dos mais antigos países do mundo, esta é, no plano histórico, apenas uma mais das muitas crises que o país atravessou – e de que sempre soube sair. A situação atual tem a importância dramática de sermos nós a vivê-la, pelo que nos compete enfrentá-la e tentar ultrapassá-la, embora com todos os sacrifícios que ela comporta.

No eixo do caminho para a resolução dos nossos problemas, de natureza económica e financeira, estão, naturalmente as instituições políticas. Já em outros tempos complexos elas provaram a sua adaptabilidade e a sua capacidade para gerarem soluções de futuro. Utilizá-las e nelas confiar, não deixando aos outros as chaves do nosso destino, é o conselho básico que julgo dever deixar aqui. Apelo, por isso, a que os cidadãos que o possam fazer estejam presentes no ato eleitoral para o Presidente da República, que terá lugar no dia 23 de Janeiro, acessível aos portugueses que vivem no exterior.

Termino reiterando os meus votos de um excelente Natal e de um melhor Ano Novo.

Francisco Seixas da Costa Embaixador de Portugal em França

Ambassade du Portugal en France

3, rue de Noisiel - 75116 Paris
Tél : 01.47.27.35.29 - Fax : 01.44.05.94.02



PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com