Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Comunidade Lusófona de França (Noticias) > Luso-descendente participa no programa «A la recherche de la nouvelle (...)

Luso-descendente participa no programa «A la recherche de la nouvelle star»

«Bato-me por mim e pelo nome de Portugal»

quinta-feira 2 de Março de 2006, por LusoJornal

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

Quando Bruno Rua soube que tinha sido seleccionado para o programa de televisão «A la recherche de la nouvelle star». Nem queria acreditar. Eram 25.000 candidatos e ele é um dos 14 que participam efectivamente no programa.


É caso para dizer que à terceira foi de vez. Bruno Rua ficou nos 30 melhores candidatos ao programa «Operação Triunfo», da RTP, mas não foi ao programa. Mais tarde ficou nos 25 melhores para a Star Academy, mas também não conseguiu participar no programa. Desta vez, depois de ter passado seis vezes em frente ao júri, viu enfim, chegar a sua oportunidade. «Em frente às câmaras, tentei não chorar, mas quando cheguei a casa e anunciei à minha mãe, não consegui resistir. Estava demasiado feliz» disse ao LusoJornal.

Sempre sonhou ser cantor mas nunca teve aulas de canto. «O júri do programa confirmou que eu tenho dons para cantar e quero explorá-los. Nos outros programas, os candidatos entram para aprender. Aqui são seleccionados os candidatos em função do que sabem cantar e por isso tem ainda mais importância para mim».

Foi em Dezembro que participou no primeiro casting, em Paris, mas a selecção prolongou-se até meados de Janeiro. «Foi estafante, foi muito difícil. Quiseram mesmo ver quais eram os nossos limites e as nossas capacidades e por isso foi desgastante, sobretudo nos últimos dias em que chegaram a dar-me um texto à uma da manhã para o saber de cor no dia seguinte às nove horas», lembra Bruno Rua. «Mas depois foi o dia mais bonito da minha vida».

Este incondicional de Cristina Aguillera, de Lara Fabien e de Mariza, «que considero serem as três vozes mais bonitas do mundo», Bruno Rua vai partilhar o sucesso do programa com mais 13 jovens candidatos, «que, também eles, vão dar tudo por tudo para chegar ao fim».

Mesmo se no dia-a-dia, Bruno é alguma falta de confiança em si, desta vez sabe que é a oportunidade de que tanto esperava. «Quando via os outros programas pensava sempre o quanto eu gostava de estar no lugar dos candidatos» lembra. «E agora, a pior coisa que me poderia acontecer, era de sair logo na primeira semana, sem ter tido oportunidade de me desvendar e de poder efectivamente mostrar ao público o que sei fazer».

Por isso o apelo é só um: «espero que os portugueses estejam comigo. Acho que Portugal é o melhor país do mundo. Vivi lá sete anos da minha vida e é lá que tenho os meus melhores amigos e onde me consigo verdadeiramente descansar». Por isso, Bruno Rua espera que os portugueses votem por ele, «espero poder mostrar que os portugueses também têm uma palavra a dizer na canção. Não me parece natural que com tantos portugueses em França, não haja nenhum que faça uma carreira musical de primeiro plano» afirma com entusiasmo e acrescenta «sou o primeiro português a ser seleccionado para este programa e sinto que me vou bater também pelo nome de Portugal» diz com sentido de responsabilidade.

O programa «A la recherche de la nouvelle star» do canal francês M6, começou a difundir os castings nesta quarta-feira, mas Bruno Rua só passa pela primeira vez no dia 1 de Março. «Já assinei contrato com a produção e agora preparo-me para o primeiro ‘prime-time’ que deve ter lugar no fim de Março». A partir desse momento, começa uma aventura que pode durar três meses. Se chegar ao fim, vê a sua carreira ser gerida «pelos melhores produtores do mundo, aqueles que fizeram nomes como Mickel Jakson ou Madona

Ver online : LusoJornal

LusoJornal


PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com