Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Portugal (Notícias) > Fundo corta crescimento de Portugal em 2016 e espera desaceleração até (...)

Fundo corta crescimento de Portugal em 2016 e espera desaceleração até 2021

terça-feira 12 de Abril de 2016, por Destak

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

O FMI cortou as previsões de crescimento económico de Portugal e continua a ser mais pessimista do que o Governo, antecipando que o PIB aumente 1,4% em 2016 e que o ritmo de crescimento desacelere até 2021.


No ’World Economic Outlook’, hoje divulgado, o Fundo Monetário Internacional (FMI) atualiza as suas projeções económicas globais até 2021 e, em relação a Portugal, as estimativas da instituição liderada por Christine Lagarde são agora mais pessimistas do que eram em outubro, quando foram conhecidas as anteriores projeções.

Para 2016, o FMI espera que o Produto Interno Bruto (PIB) de Portugal cresça 1,4% (ligeiramente abaixo dos 1,5% antecipados anteriormente), uma projeção que é mais conservadora do que a apresentada pelo Governo que, em janeiro, disse esperar que a economia portuguesa cresça 1,8% este ano.

Destak


PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com