Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Comunidade Lusófona de França (Noticias) > Empresários portugueses reuniram-se em Paris

Empresários portugueses reuniram-se em Paris

Numa organização da Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa

terça-feira 23 de Setembro de 2008, por LusoJornal

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

Cerca de 400 empresários portugueses, luso-descendentes e franceses estiveram presentes no II Fórum dos Empresários Portugueses de França, que decorreu esta segundafeira, na Câmara de Comércio e Indústria de Paris e que também contou com a presença do Ministro das Finanças português, Fernando Teixeira dos Santos, a Ministra da Economia francesa, Christine Lagarde e o Embaixador de Portugal em França, António Monteiro.


‘As Oportunidades de Investimento em Portugal’,‘Investimento em Portugal de Sociedades Luso-Descendentes: Uma Oportunidade Económica?’ e ‘Empresas e Empresários Portugueses e Luso-Descendentes Motivo de Confiança e Motor de internacionalização?’ foram alguns dos temas debatidos ao longo do dia.

Organizado pela Câmara do Comércio e Indústria Franco-Portuguesa (CCIFP), o Fórum pretende impulsionar o debate das "problemáticas comuns às empresas franco-portuguesas e criar mercados mais amplos e inovadores", começa por declarar Vinhas Pereira, Presidente da CCIFP.O empresário evoca a importância de dar outra imagem de Portugal, de um país desenvolvido tecnologicamente, com empresas modernas que ilustram a economia portuguesa. «O objectivo é analisar as empresas para, a partir do estudo comportamental e estrutural, melhor as conhecermos e as apoiarmos».

Quanto ao Presidente do AICEP, Basílio Horta,evocou as oportunidades de investimento em Portugal, apontanto para o aumento significativo das exportações quer na União Europeia quer nos outros países. «A França posiciona-se em 3° lugar como cliente e como fornecedor». Basílio Horta continuou dizendo que «devemos estar onde os outros não estão, chegando primeiro. E onde queremos estar? Na Turquia, na Ucrânia ou ainda no Irão». As relações económicas franco-portuguesas
continuam dinâmicas, «os empresários portugueses e luso-descendentes devem apostar no mercado português, pois,Portugal beneficia de condições favoráveis com mercados importantes como Angola e Brasil e possui uma mão de obra qualificada em diversos áreas».

Alguns empresários de sucesso, interviram para dar o seu testemunho, entre os quais:Mapril Baptista da sociedade‘les Dauphins’, António de Sousa da empresa France Pierre,Philippe Gervasoni da Axial, Georges Carp dos laboratórios Lisapharm e Isidore Fartaria do Grupo Titel.

O Presidente do AICEP concluiu que todas as pequenas,médias e grandes empresas podem contar com o apoio da Agência, «a partir do momento em que que sejam credíveis e sustentáveis e sobretudo que nenhum
projecto se deixe de realizar por falta de apoio, pois, a CCIFP cumprirá com empenho o seu dever ao serviço das empresas».

Apesar de um balanço geral positivo no final do Fórum, alguns empresários manifestaram contudo alguma decepção,na medida em que não se dirige verdadeiramente às pequenas empresas e demostraram algum receio ainda presente de se implantarem em Portugal ou de apostar no mercado português.

O Embaixador de Portugal em Paris, António Monteiro, considerou este II Fórum como "extremamente positivo". "Houve interesse, animação, boas ideias, discussão de casos concretos e sobretudo houve a manifestação de grande interesse da parte dos dois Governos, do Governo francês e do Governo português. O que mostra que as autoridades dos dois países estão em sintonia naquilo que são os interesses da comunidade empresarial portuguesa e luso-descendente aqui em França", sintetizou António Monteiro, em declarações à agência Lusa.

LusoJornal


PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com