Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Portugueses no Mundo > Empresa de imigrante português constrói maior arranha-céus de Boston

Empresa de imigrante português constrói maior arranha-céus de Boston

segunda-feira 21 de Setembro de 2015, por Jornal de Notícias

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

S&F Concrete, do açoriano António Frias, é responsável por toda a parte de cimento da Millennium Tower, que vai chegar aos 210 metros de altura.


A empresa do açoriano António Frias está a construir a maior torre a ser erguida na cidade de Boston, Estados Unidos, nos últimos 40 anos, a Millennium Tower, com 60 andares de apartamentos de luxo.

A empresa do português, a S&F Concrete, é responsável por toda a parte de cimento do arranha-céus que, quando estiver terminado no próximo ano, vai chegar aos 210 metros de altura.

Frias, de 75 anos, celebra em outubro deste ano o 50.° aniversário da sua empresa, que atualmente conta com 600 funcionários e é considerada a maior construtora na área do cimento de toda a Nova Inglaterra.

Originário da ilha de Santa Maria, Frias chegou aos Estados Unidos em 1955 e começou por trabalhar numa fábrica de sapatos, numa padaria e na construção civil.
Dez anos depois, em 1965, criou a própria empresa, com apenas três funcionários, que começaram por construir passeios, sobrados de casas e valetas de cimento.
Hoje está envolvido em cerca de 60 obras nos estados de Massachusetts, New Hampshire, Connecticut e Rhode Island, destacando-se esta nova torre pela dimensão e desafio.

Num processo que envolve 500 trabalhadores, a torre está a crescer dois andares por semana.

"Nunca ninguém na cidade fez algo assim de forma tão rápida", disse o presidente da empresa responsável pelo consórcio, Angus Leary.

Ao contrário de outros prédios em que toda a estrutura é feita em ferro, nesta torre é o cimento de António Frias, transportado em canos dezenas de metros desde o solo, que forma a estrutura.

Ainda com o cimento fresco, são introduzidas vergas de ferro e feitos cerca de 500 furos e fossos onde mais tarde são instalados a água, luz, gás e outros.
Os trabalhadores da S&F Concrete usam tecnologia de ponta, com GPS, para ter a certeza de que cada perfuração é feita no local exato.

Nas últimas décadas, a empresa de Frias esteve envolvida, por exemplo, na construção do pavilhão dos Celtics, dos Patriots e dezenas de centros comerciais, escolas, hotéis e prédios residenciais.

Em 2011, António Frias recebeu o prémio de empreendedorismo da COTEC.

Jornal de Notícias

Jornal de Notícias



PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com