Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Comunidade Lusófona de França (Noticias) > Campas de combatentes portugueses degradadas

Campas de combatentes portugueses degradadas

Primeira Guerra Mundial

terça-feira 27 de Março de 2012, por O Primeiro de Janeiro

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

O adido de Defesa da Embaixada portuguesa em Paris disse à Lusa que as 44 campas de combatentes portugueses na I Guerra no cemitério de Boulogne-Sur-Mer, no Norte de França, estão "em grande estado de degradação".


O coronel Alberto Marinheiro afirmou que "na sombra do cemitério Português de Richebourg, que é o mais conhecido, e onde estão 1831 portugueses, há mais combatentes da I Guerra Mundial sepultados em França".

Existe, em Boulogne-Sur-Mer, um cemitério militar onde estão sepultados 44 portugueses. As campas, a par do memorial aos combatentes, cuja manutenção cabe ao Estado português, estão em "estado de grande degradação", diz. Há campas onde "já não é possível ler os nomes" e algumas em que o granito "ameaça partir-se".

O responsável tem tentado encontrar uma solução de financiamento para substituir as campas e reabilitar o monumento, operação que deve custar ente 70 e 80 mil euros, e já contactou a Câmara de Boulonge-Sur-Mer e a Liga dos Combatentes em Portugal.

"A outra hipótese que estou a tentar explorar é a mobilização de alguns setores da comunidade portuguesa na região, mas ainda não sei se em termos financeiros ou de trabalho", acrescentou.

Este quadro piora um pouco, explicou, porque "as campas portuguesas estão inseridas num contexto mais vasto de campas militares da Commonwealth".

por Lusa

O Primeiro de Janeiro


PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com