Accueil > Actualités > Actualités Lusophones (Revue de Presse) > France > Ataques em Paris : Morreu um português no atentado perto do Stade de (...)

Ataques em Paris : Morreu um português no atentado perto do Stade de France

Paris Attentats

samedi 14 novembre 2015, par EuroNews

Toutes les versions de cet article : [français] [Português]

Um português, de 63 anos e que se encontrava perto do Estádio de França, morreu nos atentados terroristas de sexta-feira em Paris.


A informação foi revelada pelo ministério dos Negócios Estrangeiros português. O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, adiantou que a vítima trabalhava no transporte de passageiros e “tinha acabado de fazer um serviço perto do Stade de France quando foi atingido”.

Entretanto, o autoproclamado Estado Islâmico reivindicou a autoria dos ataques terroristas que ocorreram esta sexta-feira à noite, em Paris. Num comunicado oficial, a organização extremista garante que estes atentados são a resposta à intervenção francesa no território sírio e prometeu repetir os ataques se essa intervenção se mantiver.

O presidente francês, François Hollande, numa declaração feita esta manhã, pediu aos franceses “unidade e sangue-frio”, ao mesmo tempo que decretou o “luto nacional por três dias”, na sequência dos ataques terroristas de sexta-feira. Hollande disse ainda que França vai ser implacável contra os bárbaros do Estado Islâmico.

Recorde-se que seis locais no centro de Paris, nos distritos X e XI da capital francesa, foram alvo dos ataques concertados. A sala de concertos Bataclan, onde decorria um espetáculo esgotado dos norte-americanos Eagles of Death Metal, foi o alvo do ataque mais sangrento. Quase uma centena de pessoas foi morta pelos terroristas, que invadiram o local armados de armas automáticas e dispararam sobre o público.

O balanço de vítimas às 12h00 deste sábado (hora de Paris) era de 128 mortos e mais de 190 feridos, 92 em estado grave.

EuroNews


PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com