Página inicial do sítio > Informação > Notícias (Press Review) > Portugal (Notícias) > As vidas de três nomes do Fado

As vidas de três nomes do Fado

quarta-feira 29 de Novembro de 2006, por Correio da Manhã

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

A viver um pico de popularidade, o fado tem visto novos e ‘velhos’ valores invadirem os escaparates.


São os casos de Artur Batalha, um veterano fadista de gema que regressa após dura luta contra a toxicodependência, e os novos valores que dão pelo nome de Clara, e, ainda, o singular projecto Rosa Negra. Mas vamos por partes.

Mais de 20 anos depois de ter inscrito o nome no circuito do fado de Lisboa, Artur Batalha volta ao activo com ‘O Príncipe do Fado’. Trata-se do segundo volume de uma retrospectiva de carreira e chega ao mercado numa altura em que o artista tenta recuperar o seu lugar. Na verdade, o fadista ultrapassou um problema de toxicodependência e volta a levantar plateias, como aconteceu recentemente na Grande Noite do Fado na Casa da Música do Porto. ‘O Príncipe do Fado’ é um bom exemplo do timbre único de Artur Batalha, que em breve vai ser homenageado na Mouraria. O espectáculo está marcado para 3 de Dezembro, no Grupo Desportivo local. E tem já garantido a presença na Grande Noite do Fado, a 22 de Dezembro, na Aula Magna.

Com o fado na alma está também Clara, um novo valor que agora se dá a conhecer com ‘(En)cantos e Fado’. Clara já cantou com Carlos do Carmo e acaba de ser presenteada com o Prémio de Revelação do Ano na Noite de Fado da Casa da Música do Porto. O disco, já no mercado, contém 13 belas interpretações fortemente enraizadas na tradição popular.

Finalmente mas não menos importante, pelo contrário, uma referência a Rosa Negra, que se revela com ‘Fado Ladino’. Um extraordinário projecto que desbrava novos caminhos para o Fado... ou os recupera, quiçá. Alicerçado numa base instrumental pouco convencional - piano, violoncelo, violinos, acordeão, percussões e trompete - o resultado é simplesmente... delicioso.

Carmo, a intérprete, canta de forma pouco ortodoxa este Fado, mestiço como nenhum outro. E de repente lá está a ‘canção portuguesa’ com travo árabe, oriental, mediterrânico, de distantes paragens e tempos. ‘Vou Dar de Beber à Dor’, ‘Barco Negro’ e ‘Fado Ladino’ são exemplos maiores de um registo indispensável de quem acredita em novos destinos para o Fado.

Correio da Manhã

3 Mensagens de fórum

  • As vidas de três nomes do Fado

    10 de Dezembro de 2006 14:25, por na

    onde posso ver a actuar artur batalha?

  • As vidas de três nomes do Fado

    18 de Dezembro de 2007 18:51, por zézinho da madragoa

    estou neste momento no brasil, e desejo ao meu amigo ARTUR BATALHA o melhor pois ele é o melhor do fado seguidor de um fadista que já partiu o saudoso FERNANDO MAURICIO para ti artur muitas felecidades pois bem as mereces. até breve

  • As vidas de três nomes do Fado

    2 de Agosto de 2008 18:02, por Helder Duarte

    olá , o meu nome é Helder Duarte e para além de um grande amigo pessoal da pessoa que é Artur Batalha sou também um fâ incondicionavel do fadista Artur Batalha , tenho tido o prazer de nos ultimos cinco anos poder ter o prefilégio de lidar com o Artur Batalha de perto , inclusivge de organizar as suas ultimas cinco humildes festas de aniversário , assim como da forma que pude apoia-lo na grande festa de homenagem que no passado ano de 2007 demos em lisboa no cinema são jorge , neste momento encontro-me no brasil e foi com grande satisfação que encontrei este blog , e desde já agradeço pessoalmente ao seu admistrador que por este meio relembra há população em geral e principalmente´há amante de fado que o grande artista de fado Artur Batalha está de novo em grande forma e melhor que sempre , falta agora os convites oficiais assim como a oportunidade televisiva e radiofonica para que o grande Artur Batalha posso voltar ao seu digno lugar nas luzes da ribalta , muito obrigado e força meu grande amigo Artur Batalha, nós estamos contigo. Helder Duarte - Brasilia

    Ver online : o grande fadista Artur Batalha



PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com