Página inicial do sítio > Turismo Portugal > Fazer as Honras da Casa Portugal > Mimos de Portugal > Aldeias de Xisto - Rumo a Janeiro de Cima

Aldeias de Xisto - Rumo a Janeiro de Cima

Lousã - Portugal

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

Apontamos Oleiros como primeira paragem. Sede de Concelho, acolhe com simplicidade e simpatia uma pausa para praticar as pernas.



No posto de turismo, e depois de obtermos informações sobre a região e as Aldeias de Xisto, somos convidados a provar um delicioso bolo-rei feito de medronho, a que se chegue um almoço, a comprovar que por aqui não há doses pequenas.

Espreitamos a belíssima Igreja Matriz e rumamos a Álvaro, a primeira das Aldeias de Xisto que visitamos e cuja designação se deverá ao nome de um criado encarregue de governar quando o seu senhor foi para a guerra.

A verdade é que o fidalgo nunca mais voltou, ao contrário de nós, que ficámos com vontade de regressar a esta aldeia soalheira provavelmente numa altura em que possamos experimentar a praia fluvial.

Já com o sol a ameaçar esconder-se, continuamos a ziguezaguear a serra rumo ao destino eleito para passarmos a noite : Janeiro de Cima, nas margens do Zêzere, rio de onde saíram as pedras usadas para calcetar as ruas. Estamos no fim da tarde e a temperatura já baixou a 4°C. Aqui não há Multibanco, mas há a tremenda simpatia com que a D.Lídia nos recebe na aquecida Casa de Janeiro. Mesmo ao lado, um restaurante chamado Fiado mistura sabores tradicionais (como o maranho) com uma decoração e atendimento que decerto o tornariam um dos restaurantes da moda se estivéssemos em Lisboa (sobretudo servindo doses que não nos fazem perguntar a razão pela qual há tanto branco do prato à mostra).


Il n'y a pas d'événements au calendrier.


PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com