Accueil > Informação > Notícias (Press Review) > Portugal (Notícias) > 26% dos portugueses nunca usam transportes públicos

26% dos portugueses nunca usam transportes públicos

EUROBARÓMETRO

sexta-feira 13 de Junho de 2014, par Publico

Todas as versões deste artigo : [français] [Português]

Portugal é, a par da Hungria, o país europeu em que os cidadãos estão mais insatisfeitos com o preço dos transportes públicos, embora 66% revelem estar satisfeitos com o serviço. 26% dizem nunca andar de transportes.


De acordo com um estudo publicado hoje pela Comissão Europeia sobre transportes públicos urbanos, 69% dos cidadãos europeus manifestam-se satisfeitos com o serviço de transportes públicos no seu país, embora os números variem bastante entre Estados-membros (de 88% no país com a taxa mais elevada para 31% na mais baixa).

O estudo, realizado em setembro de 2013, mostra que 77% dos cidadãos mora a menos de dez minutos de uma paragem ou de uma estação, mas o preço dos bilhetes parece ser uma das principais preocupações, já que apenas 39% dos cidadãos europeus dizem estar satisfeitos com as tarifas praticadas.

Entre os países mais críticos do preço dos títulos de transporte estão a Hungria, Portugal e a Espanha. Em Portugal, apenas 31% dos inquiridos dizem estar satisfeito com as tarifas praticadas, enquanto 57% dizem estar insatisfeitos ou muito insatisfeitos.

No entanto, em média, 73% dos europeus estão satisfeitos com o sistema de compra de bilhetes, com a Letónia a liderar esta tabela (86%), seguida pela Finlândia (84%) e pela Espanha (83%).

Em termos de frequência de utilização, apenas 32% dos europeus dizem utilizar transportes públicos pelo menos uma vez por semana e aproximadamente um quarto diz nunca utilizar.

No caso de Portugal, 26% dos cidadãos dizem nunca andar de transportes, enquanto 25% dizem viajar em transportes públicos pelo menos uma vez por semana e 11% várias vezes por mês.

por Agência Lusa, publicado por Patrícia Jesus

Publico


PortugalVivo

Tous droits réservés (Portugal Vivo®) Ce site ainsi que sa charte graphique sont protégés par un copyright© international qui interdit toutes reproductions mêmes partielles.
La société Portugal Vivo® est habilitée à poursuivre toutes personnes morales ou physiques violant le copyright©
Dans le cadre de la revue de presse, Portugal Vivo utilise des articles ou photos dont il nâ€â„¢est pas lâ€â„¢auteur. Ces éléments restent la propriété de leur auteur. Portugal Vivo cite systématiquement le journal source avec un link vers celui-ci.
Mentions Légales : PORTUGAL VIVO - 102 avenue des Champs Elysées, 75008 Paris - France | SARL au capital de 15.000 ââ€Å¡¬uros - R.C.S. Paris B 441 119 286 | Représentant Légal : Jorge Loureiro | email : net@portugalvivo.com